quinta-feira, 12 de abril de 2012

150 anos de "Os Miseráveis"


"Há 150 anos, precisamente no dia 3 de abril de 1862, publicava-se simultaneamente em Paris, Leipzig, Bruxelas, Bucareste, Milão, Roterdã, Varsóvia e... Rio de Janeiro, o romance Os Miseráveis, do escritor francês Victor Hugo, que seria considerado daí por diante a maior obra literária do século 19.

De enredo fascinante, capaz de entreter o leitor ao longo de suas mil e tantas páginas, já evidencia toda a técnica da narrativa moderna com o uso do suspense, da interrupção para tomada de fôlego, da variedade estilística, da interferência e onisciência do narrador - enfim de todos os "macetes" da novelística atual, livresca ou televisiva, que abusa das coincidências e das trocas de nomes e pessoas sem que o leitor se sinta por isto ludibriado ou pouco sagaz.

Quanto a Os Miseráveis, o livro propriamente dito, temos, desde 2002, a definitiva tradução de Frederico Ozanam Pessoa de Barros, na edição da Cosac Naify, cuja capa roxo-funéreo e as lombadas negras fazem do livro um objeto de respeito e veneração. Altamente recomendável para quem quer (e precisa) conhecer esse romance imprescindível."

COM : IVO BARROSO, ESPECIAL PARA O ESTADO DE SÃO PAULO, IVO BARROSO É POETA, TRADUTOR - O Estado de S.Paulo

2 comentários:

  1. oia JAIRO o blog do IVO BARROSO
    http://gavetadoivo.wordpress.com/
    e o penúltimo post é sobre HUGO e OS MISERÁVEIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. êita, valeu.vou ver agora. Ivo é muito bom.

      Excluir